8 erros cometidos na hora das compras


Ir ao shopping ou sair às ruas para fazer compras em uma tarde gostosa pode ser muito mais que uma necessidade por algum produto. Comprar algo que gostamos ou simplesmente olhar as vitrines é uma verdadeira terapia, tanto que cerca de 11 milhões de pessoas circulam diariamente pelos shoppings centers do Brasil, segundo estudo feito em 2017 pelo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos.


Apesar de adorarmos essa atividade, muitas vezes cometemos erros que podem nos levar a gastos desnecessários ou compras de produtos que não nos servem ou que nem precisamos.


Listamos aqui 8 erros comuns que cometemos na hora das compras para que a próxima vez que você for ao shopping, acertar em cheio nas escolhas e ficar sem aborrecimentos.




1 – Sair de casa sem uma lista de compras

Antes de sair de casa, abra seu armário e veja quais itens você realmente precisa ou quer comprar. Às vezes na loja você se apaixona por uma calça jeans, mas se lembra que já possui dez delas em seu armário. Essa compra pode esperar, não pode?


A dica é: fazer uma lista e colocar aquelas peças prioritárias no topo. Se sobrar dinheiro, você pode passar para os itens menos indispensáveis.


2 – Não definir um budget

Um dos erros mais comuns que fazemos na hora das compras é ir ao shopping ou à loja sem definir o quanto podemos gastar. Sem essa predefinição, corremos o risco de nos empolgarmos e gastarmos mais do que deveríamos. Também não adianta deixar o cartão em casa e levar só dinheiro, pois muitas lojas oferecem o cartão próprio da loja em troca de descontos e você corre o risco de sair de lá com mais um cartão.


A dica é: guardar um valor mensal específico para essas comprinhas. Assim, quando você gasta-lo, não sentirá culpa e também não precisará se preocupar com dívidas.



3 – Comprar itens que não combinam com você

Você achou linda aquela calça animal print, mas ela realmente combina com o seu estilo? Ela combina com as outras peças que você tem no seu guarda-roupa? Não adianta gastar dinheiro naquela peça que você vai usar uma única vez, a não ser que você esteja realmente com dinheiro sobrando. Se pretende economizar, pense em itens que combinam facilmente com suas roupas e com ocasiões que frequenta. Pense também em cores da sua cartela pessoal. Se gosta de uma cor em especial, compre-a quando encontrar em seu tom.


A dica é: a peça tem que corresponder ao seu estilo, suas cores e seu biótipo e caso qualquer um deles não corresponda, não a compre!



4 – Comprar roupas sem provar

Na pressa do dia a dia ou até mesmo por preguiça, vamos direto na numeração que já estamos acostumados e abrimos a mão da prova. O problema é que cada marca possui uma modelagem diferente e quando você chegar em casa, pode acontecer que aquele item ficou grande ou pequeno demais. Aí, por falta de tempo para trocá-lo, acaba ficando com ele parado em casa.


A dica é: levar ao provador o item no seu tamanho, um maior e um menor. Só assim verá qual possui o melhor caimento.



5 – Valorizar quantidade no lugar de qualidade

Não é sobre quantas peças conseguimos comprar com o nosso budget definido e sim sobre a qualidade das peças. Não adianta comprarmos quatro blusinhas baratinhas se daqui um mês já estarão rasgadas ou esgarçadas. Se isso acontecer, você terá que voltar ao shopping e fazer novas compras, o que significa novos gastos.


A dica é: comprar peças básicas de qualidade, pois vai usar muito e com tudo. Quanto às tendências, as lojas de fast-fashion são perfeitas para achar as peças musthave da temporada.



6 – Comprar peças aleatórias

Quando estamos empolgados, saímos comprando sem pensar em como vamos usar aquela peça. Ela combina com qual calça? Qual sapato? Não seria mais fácil comprar aquele look inteiro que você amou do que comprar várias blusinhas e depois não ter nenhum casaco que combine?


A dica é: comprar as peças em capsulas e assim multiplicar o seu guarda-roupa e possibilidades de LOOKs. O acompanhamento de um Personal Shopper que vai te ajudar acertar na escolha e valorizar seu estilo único, também é uma ótima opção e acredite ou não, vai poupar seu tempo e dinheiro. Muitas vezes escolhas erradas custam muito mais que honorários de um profissional.




7 – Enlouquecer nas liquidações

Promoções são grandes oportunidades para comprar algum produto que você esteja precisando, mas também são grandes armadilhas para quem não estiver focado.

A dica é: sempre responder sim nas 3 perguntas:

  • Essa peça vai me valorizar (biótipo, estilo, cor)?

  • Preciso mesmo?

  • Tenho condição de comprar?

Só respondendo ‘sim’ três vezes é que a peça realmente vale a pena.

8 – Ouvir demais a opinião dos amigos

Ir às compras com os amigos pode ser muito bom, mas também pode ser algo desastroso se você não se conhecer bem. Se ouvir demais os conselhos dos amigos, você pode sair do shopping mais parecido com eles e acabar perdendo sua identidade.


Cuidado não se deixe levar! Considera todas as dicas citadas em cima também neste caso.



Conheça aqui nossos serviços de Consultoria de Imagem Pessoal.

#dicas #consultoriadeimagem #personalshopper #carteladecores #personalshopping #personalstylist #consultoriadecores #consultoriadeestilo #consultorademoda

0 visualização
MATEJA MARQUES
Consultora de Imagem & Estilo

© 2019 todos os direitos reservados LOOK.SOS

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White Pinterest Icon